Aviões do Forró em nova fase

Após 15 anos, o grupo Aviões do Forró se despediu da cantora Solange, que formava dupla com o também vocalista Xand. Será em São Paulo, nesta sexta-feira, que a nova fase do grupo será apresentada. “É tudo novo.

Foi uma correria danada para montar esse show”, conta Xand, que reformulou toda a banda. “Todos os músicos são novos, e eu não os conhecia. Formei a banda do zero assim que a Sol disse que iria se dedicar à carreira solo”, revela o músico.

A escolha de São Paulo como palco do show de lançamento foi uma grande coincidência. “Essa apresentação já estava marcada, então, aconteceu de a estreia desta nova fase ser no CTN”, conta, referindo-se ao Centro de Tradições Nordestinas.

Parceiros e amigos, Xand e Solange anunciaram a separação da dupla no palco, no último show que fizeram juntos, no mês passado. “Nós dois sempre tivemos o desejo de seguir uma carreira solo. A surpresa é que acabou sendo tudo muito rápido. Em três meses, nós decidimos e já partimos para essa nova etapa. Ficamos até assustados, porque o comunicado aconteceria em outubro deste ano e acabou sendo antes”, conta Xand, dizendo que tudo caminha às boas entre os dois.

Para virar o ano com a sensação de vida nova, os artistas aceleraram a agenda. No caso de Xand, ele lançou um disco com dez músicas, pela internet, para já apresentar a nova fase: “Aviões no Comando 2017”. E ele já emplacou uma canção, “De Mãos Atadas”.

“Essa música é o carro-chefe do disco, que foi muito bem recebido pelos fãs. Ainda preparo um EP [disco com até seis faixas] que incluirá outras quatro músicas inéditas. São canções que eu já canto nos shows e já são bem conhecidas pelo público nordestino, mas que o resto do Brasil ainda não conhece.”

A solidão no palco, segundo Xand, não é problema. “Numa época, a Sol saiu em licença-maternidade e eu aprendi a ficar sozinho. Estou à vontade com os fãs, que mandam recados por todas as redes sociais dando uma força, elogiando o meu trabalho. Seria um crime acabar com o Aviões por causa da saída da Solange.”

O voo solo dos dois cantores só foi possível graças ao sucesso do forró. “A força de outros artistas também ajudou, como o Wesley Safadão, que considero o maior nome do forró.”

Dançante
Sozinho à frente do Aviões do Forró, Xand conta que começou a buscar músicas com seus parceiros compositores assim que Solange decidiu seguir a carreira solo. “Eu sempre fui o responsável pelo repertório, então isso não foi uma dificuldade”, revela Xand, que pôde colocar um pouco mais de sua identidade na seleção musical. “Como não precisariam ser canções que encaixassem com a voz da Sol, eu consegui fazer um repertório diferente. Ficou mais dançante. A nova banda em si está mais animada, o show vai ser mais para cima”, revela.
As canções de amor devem ficar no repertório solo de Solange. “Ela seguirá a carreira dela com músicas novas, mas claro que ela deve cantar algumas do Aviões, que são as composições dela”, lembra o parceiro.

Xand já lançou o disco digital “Aviões no Comando 2017” com as dez músicas da carreira solo. O já sucesso “De Mãos Atadas” vinha sendo guardado a sete chaves pelo artista. “Eu decidi lançar essa música em um momento que fosse especial para mim. E agora essa oportunidade surgiu”, comemora Xand. Videoclipes das canções presentes no novo álbum também serão lançados até o mês que vem.

SHARE